Clube da Medalha

Criado em 1977, o Clube da Medalha da Casa da Moeda é um órgão cultural que reúne pessoas com um interesse em comum: a paixão por medalhas. O principal objetivo do Clube é difundir informações sobre a numismática no Brasil por meio de exposições e lançamentos públicos de medalhas comemorativas a fatos históricos, culturais, religiosos e esportivos relevantes para o país.

Uma comissão medalhística, definida por regulamento, é responsável por selecionar anualmente os temas que devem compor as peças a serem lançadas no ano seguinte. As medalhas são fabricadas de acordo com o alto padrão de qualidade da CMB. São consideradas peças únicas, pois além de serem cunhadas uma a uma, recebem acabamento manual específico como pátina (efeito de envelhecimento) ou contraste (mescla de polido e fosco).

O Clube da Medalha assegura aos seus sócios valiosas peças em ouro, prata e bronze que constituem um rico patrimônio, não só pela qualidade do metal, mas igualmente por seu conteúdo artístico. A opção pelos metais nobres deve-se à excelência do material e ao valor intrínseco. É também uma tradição medalhística a cunhagem em metais resistentes à ação do tempo.

As medalhas produzidas são acompanhadas de edital, que descreve as suas características, e certificado de autenticidade. Para garantir a exclusividade, a Casa da Moeda descaracteriza os cunhos, garantindo, dessa forma, a produção limitada.

A tradição de cunhar medalhas é uma forma de eternizar acontecimentos e personalidades. Elas simbolizam a necessidade dos povos de comemorar, premiar e homenagear os seus valores dentro da evolução histórica do mundo.